PHP Orientado a Objetos na Prática — Prólogo

Uma das coisas que dificultou muito o meu aprendizado de orientação à objetos foi a falta de exemplos práticos.

Sempre encontrava por ai exemplos do tipo…

Ou como eu vi quando estava aprendendo…

A lógica está joia, mas para um principiante aprender o conceito de orientação a objetos apartir de exemplos que ele nunca vai utilizar, torna o aprendizado muito mais lento do que poderia ser. Quando você está desenvolvendo um sistema você não vai criar uma classe carro, a não ser que você crie um sistema de gerenciamento de concessionária, ou transportadora, ou montadora o que eu duvido muito, mas pode ser que aconteça.

Acho importante falar que não vou utilizar o MVC, mas algo que eu acho mais prático. Muitos dizem ai, você deve seguir os padrões fulano de tal, mas eu acredito que o importante é ter o seu padrão e se você trabalha em equipe é importante seguir o padrão da equipe. Então utilizarei nesta série o meu padrão de programação, você pode seguir a risca, se você tem outro padrão ou deseja utilizar os padrões da web sinta-se a vontade.

Nessa série eu quero começar do básico, como CRUD de usuários até pontos mais complexos como permissão de acesso e persistência de dados. Eu não sei ao certo quais serão todos os passos, mas vou tentar lista-los aqui, pode ser que sofra alterações no decorrer da série.

  1. Prólogo
  2. Preparando o ambiente
  3. Configurando banco de dados e criando tabelas
  4. Utilizando a biblioteca ConnectionMSi
  5. Classe de usuários
  6. Sistema de login
  7. Recuperando senha
  8. Classe do menu
  9. Cofigurando o MenuTree
  10. Resgatando e imprimindo o MenuTree
  11. Controle de acesso parte 1
  12. Controle de acesso parte 2

Então se inscreva na nossa newsletter para ficar por dentro das próximas postagens.

Carlos Amaral

Programador, entusiasta da tecnologia, admirador da cultura japonesa e cristão protestante. Nascido em Porangatu interior de Goiás, cursou Sistemas de Informações tendo que abandonar na metade para uma mudança geográfica. Veio parar em Joinville - SC, capital da dança, onde atualmente está trabalhando com programação web e constituindo família.